Qual a relação entre saúde bucal e cirurgia bariátrica?

A saúde bucal é uma das áreas mais negligenciadas por quem opta pela cirurgia bariátrica. Segundo pesquisa da Unicamp, estes pacientes apresentam maior incidência de cáries, erosão dental, lesão nos tecidos moles e boca seca.

Como eles têm dificuldade em beber água e ingerem poucos alimentos, a saliva fica mais pastosa. A cavidade oral perde lubrificação, o que prejudica a mastigação, a deglutição e o próprio paladar. E, com a falta deste fluido, abre-se uma brecha para que as bactérias do meio externo se proliferem.

A carência de nutrientes também é um problema: na ausência de cálcio, os dentes ficam menos resistentes e o esmalte pode ficar amarelado. Por esses vários fatores, a orientação é que acrescente-se um cirurgião-dentista à equipe multidisciplinar que acompanhará os momentos antes e depois da cirurgia bariátrica.