Projeto propõe obrigatoriedade da presença de cirurgiões-dentistas em UTIs

Projeto do deputado Lídio Lopes (PEN) propõe que hospitais públicos e privados do Mato Grosso do Sul disponham de profissionais da Odontologia nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). A proposta foi aprovada em definitivo na Assembleia e, agora, segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O objetivo é evitar que pacientes contraiam infecções pela arcada dentária. Segundo o deputado, a pessoa em estado crítico precisa de atenção especializada e multidisciplinar. “É necessário monitorá-la 24 horas, sendo essenciais os cuidados com a saúde bucal durante todo o período de internação”, comenta. Ainda de acordo com Lopes, dados comprovam que a falta de um cirurgião-dentista na UTI contribui para o “aumento de mortes”.

A proposta passou de forma unânime pelas comissões, sem apresentar dificuldades no Legislativo.